Tornar-se um investidor é uma ótima possibilidade para quem busca novas formas de fazer as suas finanças renderem. Em vez de apenas se preocupar com a geração de renda ativa, como ao trabalhar e receber por isso, você pode ganhar dinheiro com investimentos.

Com a atuação correta, as aplicações financeiras adequadas permitirão a construção de um patrimônio alinhado aos seus interesses e necessidades. Para isso, alguns erros precisam ser evitados e há algumas dicas de atuação e comportamento a serem observadas.

Para ajudar você a entender tudo isso, veja neste guia completo o que é preciso saber a fim de ser um investidor bem-sucedido!

Faça o dinheiro trabalhar para você

Mais do que apenas investir e alocar recursos em ativos financeiros, fazer com que o seu dinheiro trabalhe para você deve ser um objetivo. Para chegar lá, é necessário compreender como essa mecânica acontece e o que é preciso fazer a fim de obter esse resultado.

Quanto mais entender sobre o assunto, mais qualificado estará para uma geração de renda benéfica aos seus objetivos.

Os pontos que merecem maior atenção são:

Entenda a questão da rentabilidade

A rentabilidade é um dos principais componentes para que o dinheiro trabalhe para você. Se ela é 0, o montante não rende e, portanto, não há acúmulo de patrimônio e não é possível ganhar dinheiro com investimentos.

Quanto mais alta ela for, mais intenso será o acúmulo de valores.

Ao mesmo tempo, é indispensável pensar na relação com os riscos. Uma rentabilidade muito elevada, normalmente, está associada a riscos maiores e mais imprevisibilidade

Aproveite os juros compostos

A principal força motriz para que as suas finanças trabalhem para você — e não o contrário — é a existência dos juros compostos. Basicamente, eles são os juros sobre juros e, portanto, rendem de acordo com o valor acumulado, e não de acordo com o que foi investido no começo. Imagine, por exemplo, que você aplique R$ 30 mil e, após um mês com rentabilidade de 0,8%, tem R$ 30.240,00. No próximo mês, os juros serão aplicados sobre esse novo valor, e não sobre os R$ 30 mil iniciais.

Ou seja, quanto maior é o tempo de aplicação, melhor é o retorno e a geração de renda. Entender isso é fundamental para se planejar em longo prazo.

Busque as opções certas para o seu dinheiro

Na hora de investir, muita gente aceita as sugestões do gerente do banco ou escolhe a opção que parece mais prática. Embora isso seja melhor que deixar a quantia parada, nem sempre é a melhor opção para gerar bons rendimentos.

É fundamental, em vez disso, buscar as opções que sejam adequadas para o seu dinheiro, tanto do ponto de vista da quantia quanto dos seus objetivos e do seu perfil.

O conhecimento e o estudo sobre as opções, assim como as simulações e a compreensão sobre os resultados, são fundamentais para optar pelo tipo que trará os retornos esperados.

Comece a se preparar desde já 

Não há tempo a perder para começar a colocar em prática todas essas ações. Portanto, é fundamental ter uma boa preparação desde já, pois quanto antes começar, melhores serão os seus resultados.

A partir da busca de conhecimento, consideração de opções e identificação do seu perfil, os melhores investimentos devem ser feitos. 

Características de um bom investidor

Para que essa geração de renda seja possível, é necessário ser, acima de tudo, um bom investidor. Não adianta ter uma grande quantia disponível ou estar diante de ótimas opções, se não souber como lidar com todos esses pontos.

Embora cada pessoa tenha seu próprio perfil e seus objetivos, os investidores de sucesso compartilham algumas características. Reconhecê-las e colocá-las em prática é o primeiro passo para o êxito e as mais importantes são:

Aprendizado contínuo

Investir corretamente exige conhecimento, de modo a entender quando uma opção é realmente vantajosa ou quando é necessário agir. Mais do que delegar essas ações para outras pessoas, os investidores de sucesso chamam para si a necessidade de alocar seus valores.

Mesmo que apliquem recursos em fundos, que são geridos por profissionais especializados no mercado, os bons investidores estão sempre aprendendo sobre o mercado, as oportunidades e os resultados que devem ser alcançados.

Esse é um processo contínuo e até os maiores do mundo continuam a estudar o mercado e aprender sobre novas formas de multiplicar seus ganhos.

Bom planejamento

Todos os passos de um bom investidor são bem-planejados, de modo a maximizar as oportunidades de sucesso. A fim de se tornar um, é fundamental valorizar, ao máximo, a realização de um planejamento.

É preciso considerar seus objetivos, os riscos de cada aplicação e quais são as possibilidades atrativas para seguir. A ideia é traçar uma estratégia que explore as melhores oportunidades, diminuindo as chances de perda.

Ter um plano reserva e definir parâmetros de saída de um investimento são outras características fundamentais.

Controle das emoções

Para que o planejamento possa ser executado e, principalmente, seguido, o investidor precisa ter controle de suas emoções. Somente assim é possível evitar reações precipitadas que podem prejudicar os seus investimentos.

Veja o caso de quem investe em ações. Sem essa característica importante, qualquer flutuação, seja positiva ou negativa, fará com que o investidor compre ou venda papéis. Com a volatilidade do mercado, ele pode desperdiçar boas chances e até perder dinheiro. Em vez disso, um investidor bem-controlado sabe que é preciso esperar uma definição adequada ou, então, consegue se antecipar corretamente, evitando que decisões emocionais tomadas por impulso.

Disciplina elevada

Não adianta achar que, para ganhar dinheiro com investimentos, basta fazer uma aplicação que parece vantajosa, esperar os rendimentos e gastar os recursos. É preciso, ao contrário, ter uma atuação muito disciplinada.

É fundamental economizar para investir mais no começo, favorecendo a conquista de resultados otimizados. Da mesma forma, é necessário acompanhar indicadores, pensar em reinvestir os lucros e buscar, continuamente, novas opções.

Preparar-se para o comprometimento da liquidez de algumas opções evita ter que recorrer ao que já está aplicado, e controlar o orçamento permite o acesso a oportunidades cada vez melhores.

Paciência

Não existe milagre quando se fala em ganhar dinheiro com a alocação de valores financeiros e, por isso, os melhores resultados não aparecem de um momento para o outro.

Todo bom investidor precisa de paciência, só assim verá o resultado dos juros compostos e os efeitos de suas aplicações financeiras.De maneira semelhante, adquirir experiência e aprender profundamente sobre o mercado exige tempo e dedicação. Portanto, um bom investidor é paciente e compreende a importância de esperar para colher aquilo que foi plantado.

Erros para evitar caso queira ganhar dinheiro com investimentos

No caminho até a rentabilidade e a conquista do que você deseja, há alguns obstáculos e armadilhas que comprometem o desempenho.

Os erros nesse momento são relativamente comuns, mas precisam ser evitados para que seus recursos e sua performance não sejam colocados em risco.

Conheça as questões mais importantes, veja algumas falhas que devem ser eliminadas e aprenda a contorná-los.

Ficar limitado às opções do seu banco

É muito provável que o gerente do seu banco ofereça algumas opções de investimento. Porém, é sempre relevante se lembrar de que esse profissional está comprometido, em primeiro lugar, com os interesses da instituição financeira.

Mesmo que a recomendação seja honesta, o banco é a grande parte interessada e, provavelmente, quem mais lucrará. Com taxas que podem ser maiores que em outros lugares e rendimentos menores, ao ficar preso ao seu banco você desperdiça oportunidades. E, por oferecer vários tipos de serviços, as instituições financeiras nem sempre têm foco em investimentos e podem não dar o apoio necessário para realizar suas aplicações.

Em vez disso, busque opções externas, como as gestoras independentes. Isso permitirá o acesso a diversas alternativas, otimizando o desempenho das finanças. Ademais, por serem especializadas em investimentos, as gestoras oferecerão um suporte mais pessoal e focado no seu perfil.

Acompanhar o efeito manada

No mundo dos investimentos, há um quadro conhecido como efeito manada. Ele acontece quando uma opção se torna extremamente popular, atraindo um grande número de pessoas.

O problema é que muitos dos investidores não compreendem seu funcionamento e condições. Com isso, muitas pessoas investem sem a certeza do que estão fazendo. 

Naturalmente, isso faz com que as aplicações sejam feitas de maneira pouco estratégica, aumentando o custo de oportunidade e diminuindo o aproveitamento de outras opções.

Portanto, não siga opções que surgem como tendência sem antes fazer uma análise completa para verificar se é a melhor escolha para você.

Ter expectativas irreais

Quando se fala em ganhar dinheiro com investimentos, é comum que os investidores tenham expectativas que não condizem com a realidade dessa abordagem.

É o caso de quem se imagina milionário começando com um pequeno valor, dentro de um tempo curto e sem correr riscos. Em uma situação como essa, a conta não fecha.

O grande problema de cometer esse erro é que boas oportunidades são desperdiçadas por não atenderem à visão irreal do que é investir.

Ser confiante em excesso

Mesmo os investimentos mais seguros têm  algum nível de risco. Portanto, alocar seu dinheiro em ativos financeiros é, de certo modo, correr riscos, que podem ser maiores ou menores.

Para conseguir bons resultados, é preciso ser confiante e acreditar na própria capacidade de avaliação de cada situação. Ao mesmo tempo, é fundamental entender que situações imprevistas podem ocorrer e sempre há riscos de erros.

Ao ser confiante em excesso, achando-se muito preparado e à prova de falhas, um investidor pode correr riscos desnecessários ou deixar de observar mudanças na rota. Portanto, não abra mão de ter um pouco de dúvidas para evitar falhas.

Não acompanhar seus investimentos

Investir não é uma ação pontual, em que você oferece o dinheiro em um momento e, depois, só vem coletar o que ganhou.

Isso até pode ser feito, mas, certamente, boas oportunidades serão desperdiçadas pelo fato de o desempenho não ter sido analisado.

Seja por conveniência ou desconhecimento, muitos cometem o erro de não fazer um acompanhamento próximo dos investimentos. Para não ter que lidar com as consequências dessa falha, o ideal é estar sempre ciente da sua carteira.

Mesmo no caso de fundos, em que não é necessariamente você quem movimenta os recursos, é fundamental ficar de olho nos efeitos. Assim, é viável ter uma ideia concreta da performance e se é necessário procurar outro caminho.

Como investir e ganhar dinheiro

Depois de entender todos esses conceitos, você estará próximo de lucrar com a ajuda de investimentos. Para ganhar dinheiro com a atuação, é preciso executar algumas etapas que ampliam as chances de sucesso.

Se quiser saber por onde e como começar, leia os seguintes passos:

Defina os objetivos da atuação

Sem saber para onde deseja ir ou qual será o uso do seu montante investido, é muito difícil chegar ao sucesso e ganhar dinheiro com investimentos. Portanto, tudo começa com a definição clara do que espera desse procedimento.

Se quiser juntar dinheiro para custear a educação do filho pequeno no futuro, é preciso investir em opções seguras de médio e longo prazo. Se a intenção é viver de renda, correr um pouco mais de risco ajuda a ampliar o patrimônio e os juros.

O valor a ser obtido também definirá a aplicação inicial e a rentabilidade que deve ser buscada, então não se esqueça desse ponto.

Considere os fundos de investimento

Além dos títulos de investimento, especialmente na renda fixa, não se esqueça dos fundos para investir. Eles são opções muito convenientes, em que há diluição de riscos, movimentação feita por profissionais especializados e alocação em vários ativos.

Os de renda fixa, por exemplo, aplicam somente em títulos públicos e privados com essas características. Já os multimercados podem alocar recursos tanto na renda fixa quanto na variável, melhorando o desempenho.

Ao participar de um grupo como esse, você facilita o processo de conquistar o que deseja e tem acesso a opções muito vantajosas.

Analise as várias condições

Antes de direcionar seus recursos para qualquer opção, é fundamental analisar quais são as condições de aplicação.

É nesse momento em que é preciso verificar qual é o prazo mínimo de investimento, qual é a rentabilidade (real ou aproximada), as taxas e os encargos envolvidos. Se for o caso, analise qual é o valor mínimo de aplicação.

Com essas informações, faça simulações de resultados em diversos cenários e compare os possíveis efeitos. A ideia é encontrar o tipo que seja adequado para seus objetivos e para seu perfil, favorecendo a satisfação com o processo.

Diversifique a sua carteira

Independentemente se tiver uma abordagem conservadora ou agressiva, é fundamental ter uma carteira diversificada.

Essa é uma ação que favorece a segurança, ao mesmo tempo em que garante um melhor desempenho. Com isso, é recomendado unir a renda fixa e a renda variável, equilibrando a proporção de acordo com o seu perfil.

Na renda fixa, há opções como Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA, debêntures e fundos de baixa volatilidade. Já na renda variável, destacam-se o investimento em ações, o mercado futuro e fundos multimercados de volatilidade maior.

Com a seleção das opções adequadas para a sua carteira, é viável compensar as perdas e os riscos, melhorando a execução.

Faça as otimizações necessárias

Como visto, os investimentos devem ser acompanhados de perto. Somente dessa forma é possível identificar pontos que precisam de alteração, favorecendo o desempenho.

Defina parâmetros e métricas de acompanhamento, determinando gatilhos que apontam para a necessidade de retirar o dinheiro de uma opção, por exemplo.

Com essa análise, é possível empregar ações e mudanças, favorecendo-se a conquista de efeitos e resultados cada vez melhores. Do contrário, oportunidades mais interessantes são desperdiçadas, pois o valor estará preso em uma aplicação menos vantajosa.

A questão comportamental

A forma como um investidor age também tem grande influência nos resultados que ele pode obter. Como investir não é uma tarefa que acontece em só um momento, ter um comportamento alinhado com toda a proposta é indispensável.

Assim, se torna possível ganhar dinheiro com investimentos e consolidar bons efeitos ao longo do tempo, ganhando consistência de atuação.

Nesse cenário, as questões que precisam de maior atenção incluem:

Determine sua disponibilidade ao risco

Um investimento será bom ou ruim de acordo com o seu perfil de investidor, ou seja, de quanto risco você está disposto a correr.

Os conservadores buscam segurança e liquidez acima de tudo, mesmo que isso comprometa parcialmente a rentabilidade. Já os moderados estão abertos a correr alguns riscos controlados, se isso significar um ganho nos resultados.

Os arrojados, por sua vez, são mais agressivos e têm um grande apetite ao risco, buscando o máximo de rentabilidade.

Ao compreender qual é o seu perfil, fica fácil entender quais escolhas são indicadas e como deve ser o equilíbrio da carteira.

Defina metas de atuação

Além dos objetivos gerais que devem ser definidos para os investimentos, é fundamental estabelecer algumas metas de atuação. Elas correspondem a direcionamentos para que os objetivos sejam facilmente alcançados.

Elas podem ser definidas, por exemplo, para cada opção. Você será capaz de determinar qual é a meta de interesse para o rendimento daquele investimento, desde que a análise corresponda à expectativa.

Também é o caso de definir ganhos para um determinado período de tempo, de modo a favorecer o ganho de dinheiro e as ações direcionadas.

Utilize os métodos adequados

Os métodos para investir nada mais são do que elaborar uma estratégia condizente com seus objetivos, metas e disponibilidade ao risco. É o caso, por exemplo, de diversificar a carteira por meio da alocação em ativos e participação em fundos de investimento. Além disso, é relevante pensar no rebalanceamento da carteira, considerando o desempenho de cada atuação dentro de um período mínimo. Observando fatores como taxas e performance, você saberá se é o momento de trocar de alocação.

Para completar, há a questão de contar com bons profissionais, como uma gestora independente ou agentes especializados. Assim, há maior facilidade em acessar boas opções e ganhar dinheiro com investimentos.

Mantenha a disciplina

Ser disciplinado é indispensável para ter um bom desempenho nos investimentos. Além do acompanhamento do que já foi aplicado, é preciso ficar de olho em conhecer as novidades do mercado e manter o controle financeiro.

Somente ao equilibrar custos, ganhos e novas alocações que será possível garantir que o total permaneça gerando lucros e trabalhando para você.

Portanto, é fundamental ajustar seus hábitos de consumo, tendo um padrão de vida condizente com suas condições. Além de tudo, é importante saber esperar o longo prazo e proteger a sua carteira.

Esteja pronto para mudar

Quando um investidor tem bons resultados de forma consistente com um investimento e quando passa a dominá-lo completamente, é comum que ele sempre dê preferência para essa opção.

Em alguns casos, é benéfico que ele se mantenha atrelado a essa alternativa. Em muitos outros, entretanto, o apego a uma opção específica diminui o aproveitamento de escolhas melhores.

Portanto, é fundamental ter a mentalidade ajustada para as mudanças, conforme elas sejam necessárias. Em vez de apenas se apegar a uma escolha, abra suas possibilidades para efeitos diferenciados.

A fim de ganhar dinheiro com investimentos e fazer os recursos trabalhar para você, conhecimento e preparação são indispensáveis. Ao aplicar esses conhecimentos, é possível se aproximar do que tanto deseja.

Agora que já conhece tantos conceitos importantes, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude aquele amigo que sempre quis investir corretamente!

Guia do bom investidor: como ganhar dinheiro com investimentos
4.7 (93.33%) 3 votos