Aparentemente, juntar um milhão e atingir o status de milionário não é uma missão simples. Porém, alcançar esse objetivo não é tão difícil assim. Segundo o Relatório Global de Riqueza do Credit Suisse, já são mais de 164 mil milionários no Brasil — há a expectativa de que esse número chegue a quase 300 mil em 2022.

Afinal, quem não quer ser um milionário? E, para chegar a um milhão de reais, existem alguns passos que podem ajudá-lo. Ter controle dos seus gastos e saber escolher os investimentos certos, de preferência com uma assessoria profissional, são medidas que podem ajudá-lo a juntar um milhão. 

Neste post, daremos dicas para que você, de acordo com seu perfil de investidor, consiga identificar quanto poupar para juntar um milhão. Acompanhe e entenda o que está ao seu alcance, mesmo começando com pequenos investimentos!

Estabeleça um percentual fixo a ser guardado todo mês

Não é difícil encontrar soluções que prometem indicar qual é o caminho para chegar ao primeiro milhão. Porém, se houvesse uma receita de bolo, com um passo a passo a ser seguido, provavelmente todos estaríamos buscando cumprir cada etapa à risca.

Um importante passo é se planejar e observar suas receitas, despesas e os investimentos de um outro ângulo. Normalmente, investimos apenas aquele valor do salário que sobra no fim do mês. Porém, se você quer realmente poupar um milhão, essa atitude não é o melhor caminho.

Não espere para saber quanto sobrou ao final do mês. Como ponto de partida, defina a quantia que você vai guardar por mês. Determine um percentual mensal do seu salário que será investido e, assim, aumente suas chances de ganhar dinheiro com investimentos.

Com o valor a ser investido todo mês já definido, o restante do salário será aquilo que você gastará com suas despesas, ou seja, aquele será o seu orçamento mensal.  Com isto, será necessário um controle de gastos muito mais frequente.

Faça um controle diário de gastos

Poupar gastos desnecessários é fundamental para juntar um milhão. Ter disciplina também é imprescindível. Portanto, é fundamental ter controle e registro das despesas. Ao colocar no papel, você consegue ver com clareza para onde está indo o seu dinheiro.

Pequenos gastos, como um café ou lanches, por exemplo, podem ser imperceptíveis no dia a dia, mas registrá-los dará uma dimensão do quão grande é o impacto em seu bolso.

Para visualizar com ainda mais clareza o tamanho dos seus gastos, uma alternativa é fazer os cálculos de quanto eles representam durante um ano. Assim, você poderá identificar de forma mais transparente em quais pontos é possível economizar e aumentar sua reserva para investimentos.

Outra boa medida para aumentar esse controle é definir um limite diário de gastos. Caso as despesas de um dia superem o previsto, a compensação pode ser feita no dia seguinte.

Lembre-se, ainda, de que é preciso ter cuidado com o uso do cartão de crédito. Utilizá-lo para pagar compras ajudará a acumular milhas, mas pode ser um empecilho em um controle eficiente de gastos se não houver um acompanhamento permanente.

Corte despesas supérfluas e reavalie gastos fixos periodicamente

Além do controle diário de despesas, uma importante medida para chegar à marca de um milhão de reais é cortar gastos supérfluos. Afinal, desperdícios podem fazer com que atingir essa quantia se torne um objetivo mais distante.

Portanto, identifique quais gastos são realmente importantes e fundamentais para a sua rotina. Para chegar ao seu objetivo financeiro, dê prioridade ao que é realmente essencial.

Reavaliar seus custos fixos também é importante. Por exemplo, você realmente assiste a todos os canais do seu pacote de TV por assinatura? Será que um pacote mais barato com menos canais te atenderia da mesma forma? Fazer perguntas como essa pode ajudá-lo a identificar onde cortar gastos.

Porém, é válido ter em mente que, ao longo da vida, nossas prioridades mudam. A preocupação em garantir um bom futuro para os filhos, por exemplo, impacta diretamente nas finanças e abre um novo leque de despesas a serem consideradas.

Assim, é importante reavaliar os gastos fixos periodicamente. Essa análise permitirá que o planejamento financeiro seja ajustado e que tornar-se um milionário seja uma missão mais condizente à sua realidade.

Busque formas de aumentar as receitas

Controlar gastos é fundamental para sua meta de juntar um milhão e atingir as metas estipuladas. Todavia, aumentar as receitas tende a tornar esse objetivo mais próximo.

Não esqueça de investir em si mesmo. Profissionais mais bem preparados para o mercado de trabalho ampliam sua possibilidade de crescimento e, consequentemente, podem aumentar seu patrimônio líquido e ter mais dinheiro para investir.

Quando estiver investindo, não se acomode. Há sempre a possibilidade de encontrar melhores opções no mercado.

Acompanhe as opções de investimentos

Há poucos anos, opções de renda fixa poderiam ser uma boa alternativa de investimentos. Mas, com a mudança do cenário econômico e a redução da Taxa Selic, esses produtos já não são tão rentáveis.

Entre os investimentos mais indicados para 2018, os fundos de ações e multimercado são algumas das alternativas mais atrativas diante do aquecimento da indústria e um novo fôlego na economia.

Isso mostra que as respostas a respeito de quanto poupar para juntar um milhão podem não ser as mesmas daqui a algum tempo. Portanto, é fundamental que os investidores acompanhem o mercado e saibam identificar as melhores opções de investimento.

Ainda assim, a escolha dos melhores produtos do mercado de investimentos não precisa ficar apenas nas mãos do próprio investidor.

Conte com uma assessoria profissional

Você sabe dizer quais serão os melhores investimentos daqui um ano? Imagine o quanto as eleições presidenciais podem influenciar nos rumos da economia e, consequentemente, impactar nos produtos disponíveis no mercado financeiro.

Para lidar com essas mudanças no cenário econômico e identificar as melhores opções de investimento, contar com a assessoria de profissionais é fundamental. Na busca por um milhão, esse auxílio ajuda, ainda, na prevenção quanto a possíveis quedas de rentabilidade ou, até mesmo, na perda de dinheiro.

Gestoras independentes têm toda a expertise e se dedicam exclusivamente à análise de qual é o melhor investimento para os seus clientes. Esses profissionais analisam o mercado e auxiliam na decisão de quando entrar ou sair de um ativo. Assim, o investidor terá mais tempo para cuidar de todo o restante que pode ajudá-lo na conquista de um milhão de reais.

Quanto poupar para juntar um milhão depende de cada investidor e do comportamento do mercado. Porém, contar com um acompanhamento profissional e estabeler um planejamento orçamentário mensal, ajudará com que você conquiste esse objetivo mais rápido.No cenário econômico atual, os fundos multimercado são boas alternativas para quem busca uma boa relação risco-retorno. Quer saber mais? Baixe este e-book com todas as informações sobre fundos!

Um milhão de reais! O que fazer para atingir essa quantia?
3.3 (66.67%) 9 votos